Com o crescimento do mercado de energia sustentável, muitas empresas passaram a migrar seu consumo energético para esse setor. Para empresas de pequeno e médio porte, a aquisição de energias renováveis é muito incentivada. De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), atualmente existem 70 linhas de financiamento para esse fim. 

Esse serviço pode ser encontrado em bancos públicos e privados, cooperativas de crédito e fintechs (abreviação para financial technology, em tradução livre tecnologia financeira). Para facilitar a aquisição e aumentar a adesão, as linhas têm taxas de juros a partir de 0,74% ao mês, com carência de três meses e prazos de até dez anos. 

De acordo com dados da Clean Energy Latin America (CELA), o mercado de financiamento para sistemas de geração distribuída movimentou R$4,1 bilhões somente em 2020, com um crescimento de 28% se comparado com 2019. 

Cada opção de linha de financiamento segue seu protocolo, com prazos e acordos. O ideal é pesquisar várias opções, principalmente nas que têm benefícios para o nicho da sua empresa, e ver qual se adequa mais às suas necessidades. O banco Santander, por exemplo, oferece facilidades para o ramo do agronegócio. O importante é planejar bem e estudar as possibilidades. 

 

* Com informações da Folha de São Paulo . 

 

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário