Foi inaugurado em Singapura um dos maiores projetos de energia solar, instalada em superfície aquática, do mundo. Com 45 hectares de extensão, a usina poderá gerar até 60 MWp, o suficiente para abastecer cerca de 16 mil apartamentos. 

O projeto conta com 122 mil painéis solares, que gerará energia suficiente para suprir a demanda de cinco estações de tratamento de água no país. Dessa forma, Singapura terá um sistema de água totalmente abastecido por energia renovável. 

Com esse sistema, a emissão de gases poluentes será consideravelmente reduzida em cerca de 32 quilo toneladas de carbono por ano. Além de contribuir para a redução da poluição atmosférica, a usina também diminuirá o consumo e a dependência por combustíveis fósseis. 

A instalação sobre a água é uma grande vantagem para o país, pois reduz a evaporação da água. Por não ter tantos recursos hídricos, Singapura precisa importar água e, agora, a necessidade de conseguir o recurso externamente será menor. 

451 Responses

Deixe um comentário